quinta-feira, setembro 27, 2007

Quantos pés?

Quanto mede essa onda do Chicão? Leia o texto e dê sua opinião. Foto: Átila Sbruzzi/Inside

Quantos pés tem aquela onda do Chicão que publicasse no blog, Beda? Foi com essa pergunta que um amigo iniciou a conversa comigo. Falei que na referida revista falava em algo em torno de 12 pés. Aí começamos a discutir a real medida. E eu que não queria exagerar na medida da onda acredito que fui realmente muito conservador.

Resolvi republicar a foto do Chicão dropando essa bomba na Vila, pois conversando com esse amigo que me disse que "nem de longe essa onda têm 12 pés", lembrei de um texto que li há uns três anos atrás, do Marcos Bukão publicado no site da FPS - Federação Paulista de Surf, intitulado Considerações sobre Medida de Ondas.
Inclusive, ano passado durante o WCT Brasil 2006 que rolou na Praia da Vila, conversando com o Klaus Kaiser e o autor, o parabenizei pelo texto.

Aquele texto simplesmente traduz o que nós surfistas estamos fazendo ao longo do tempo com as medidas de ondas. Essa mania de dizer que surfamos onda de "5 pés overhead" ou algo como "1,5 metros acima da cabeça" não demonstra claramente o tamanho do mar que foi surfado. A não ser, como afirma Bukão, que o surfista que o faça não passe de 1,5 metros de altura.

Fiz vários cálculos e medidas para poder fazer esta conclusão e apenas para demonstrar, considere os seguintes dados: O surfista nessa onda mede 1,70 metros. Como ele está agachado para realizar o Botton Turn, vamos desconsiderar uns 0,30 metros (30 centímetros). Se você fizer a medida, e gostaria que você fizesse, vai verificar que esse surfista cabe na onda, no mínimo, mais 4 vezes. Ou seja, 4 X (1,70-0,30) = 5,60 metros. Esses 5,60 metros divididos pela medida em pés (30,48 centímetros), nos daria no mínimo 18 pés e ainda sobraria uma beiradinha a título de folga.

Pergunto então: QUANTO MEDE ESSA ONDA DO CHICÃO NA VILA?
Antes de responder leiam o texto do Marcos Bukão.
E aproveitem para responder a pergunta que refaço aqui:
"A quem interessa diminuir o tamanho de uma onda ?"
Beda Batista
2BSurf

10 comentários:

surf4ever disse...

Concordo com os 18 pés dessa onda. Não sei direito a quem interessa diminuir o tamanho de uma onda, mas acho que na maioria dos casos, a quem não surfou ou não surfaria a onda que estivesse em discussão. Curti a foto, o post e o texto indicado, que foi ótimo relembrar. Curti o 2B Surf tb (conheci num comentário lá no Alohapaziada), linkei lá no blog que escrevo, pra poder conferir com freqüência.
Falou,
Gustavo

Maurio Borges disse...

Meninos nesse dia eu estava lá...
Essa foto foi publicada na falecida revista Inside e foi clicada durante o free surf na etapa do catarinense, na época se chamava de Copa Catarinense Essence Club de Surf. Nesse dia Luciano Oliveira, Ivan Junkes, Gama, Sandro Sardá, Walmir Cabeça (por onde anda esse doido)?colocavam pra baixo sem medo de ser feliz... Quando as séries entravam a linha do horizonte sumia. Te-ne-bro-so... Essa talvez tenha sido a rainha do dia. E o Chicão tava lá, na hora certa no momento certo. Passados tantos anos e com a estória de big surf e tow in, parece que a onda diminui(achatou), mas tem fácil 12 pés plus... Quem disser que tem menos pode ir pra Brasilia e pegar uma poltrona lá no congresso, naquele antro dos diabos...

SURFE TODO DIA
Máurio

Beda Batista disse...

Valeu Gustavo, tô fazendo um link do Surf4ever aqui no blog também.
Depois das medidas também creio que tenha fácil 18 pés.

aloha,

Beda.

Beda Batista disse...

Grande Máurio,
Cara tu é velho hein? ....rs....
Lembro bem desse dia.
Eu ainda não surfava e meu pai me levou à praia para ver uns cabeludos descendo montanhas de água.
Naquela época provavelmente ainda tinhas algumas madeixas, né?
O Luciano Oliveira pelo que sei está em Floripa. O Ivan Junkes parece que caiu pro snowboard o resto dessa galera não sei, não.
Realmente esse dia estava TENEBROSO e esse mar, entre outros, é bem comentado ainda hoje.

grande abraço,

aloha,

Beda.

Maurio Borges disse...

O Muleque! aonde foi parar o respeito? Velho, eu? Olha que não vai sobrar nada pra ti lá nas marolas de Itapira, hein! Nesse época eu era mirim, ou júnior, ou sênior... Ih, Faz muito tempo mesmo!

Maurio

Anônimo disse...

meio metro.....
auehuaheuaueua!!

Surfe Catarinense disse...

10, 12, 15, 18, tanto faz,
precisa é dar um mar desses durante a janela do CT. aí quem sabe a página da asp sobre o evento pára de destacar tanto a night, a caipirinha e os biquinis como sendo o ponto forte da etapa brasileira.
Linkei o 2B Surf lá no SC tbém. abz!

Ernany disse...

na escala havaiana, ou seja, vista pelas costas da onda, pode ser que tenha 12 pes, que e bem maior de face... flw

eric disse...

Eu tambem tava la dentro e só vi essa onda depois na capa da falecida Inside (onde trampei por algum tempo). Foi o maior mar da minha vida. Senti muito medo qdo tomei a primeira série na cabeça (que veio varrendo numa parede de espuma desde a ilha, e que promoveu um caldo coletivo). Salvei o Garça nesse dia (alguem lembra dele?) qdo ele tinha perdido a prancha nesse mesmo caldo. Além das ondas, as imagens que mais me marcaram nesse dia foram: Ivan Junkes (o mais constante e destemido), Tomaz Viana (Tomazinho/Laguna r.i.p.) que fez a onda mais bonita do campeonato em sua bateria (AM) no primeiro dia (backside estilozaço) e também do Teco chorando ao sair d'agua...não me lembro bem do motivo, mas de felicidade é que não foi...

Projeto5 disse...

lembro de ver essa foto na fluir em 1986, conheci o Chicao na fabrica do Carlão da waterfox, o cabra é grandão
na minha opniao 4 metros de onda, outros mares nervosos dos anos 80
Tribuna - 1988 Pitangueiras *Grandeee - Mormai locobeach garopaba Enormeeeeeeee.

abraco